domingo, 27 de julho de 2008

Análise: Benfica vs Sporting


Terceiro jogo da pré-época, primeiro dérbie da época, último e decisivo jogo do Torneio do Guadiana deste ano. Foi este o jogo que marcou o regresso de algumas das principais figuras do Benfica.

O Benfica, novamente em 4-4-2, alinhou de início com Quim na baliza, Maxi, Luisão (Cap.), Katsouranis e Léo formaram o quarteto defensivo. Balboa na direita, Nuno Assis na esquerda, Binya e Carlos Martins no centro do terreno formavam o meio campo, enquanto que Aimar jogou no apoio a Urreta.

O Sporting apresentou-se no seu habitual 4-4-2 (em losango) com os seguintes 11 atletas: Tiago; Abel, Tonel, Polga (Cap.) e Grimi; Caneira, Izmailov, Rochemback e Romagnoli; Yannick e Derlei.

Banco do Benfica: Moreira, Bruno Costa, Luís Filipe, Zoro, Edcarlos, Miguel Vítor, Sidnei, Sepsi, Jorge Ribeiro, Petit, Rúben Amorim, Fellipe Bastos, Yebda, Makukula, Nuno Gomes, Nelson Oliveira e Cardozo.

Banco do Sporting: Rui Patrício, Pedro Silva, Carriço, Ronny, Adrien, Pereirinha, Vukcevic, Tiuí e Postiga.



O jogo teve um início muito equilibrado, com ambas as equipas a tentarem pegar no jogo. De realçar um bom remate de Carlos Martins num pontapé de ressaca, logo aos 3 minutos.

Com cerca de 10 minutos de jogo era visível uma ligeira superioridade do Sporting. Pressionava alto, o que ia dificultando a saída do Benfica para o ataque. Contudo, a defesa leonina parecia algo nervosa, e algumas das vezes que tentava sair a jogar perdia a bola de forma quase incompreensiva. O Benfica apostava mais no contra-ataque, e na velocidade de Balboa e Urreta.



Aos 20 minutos de jogo Quique Flores foi obrigado a trocar Katsouranis por Edcarlos. O grego saiu com queixas na coxa esquerda.

Binya ia-se destacando com as várias (e vistosas) recuperações de bola. O Sporting ia tento umas entradas mais duras, nomeadamente sobre Carlos Martins (Caneira) e Urreta (Grimi).

Urreta ia trocando de posição com Balboa, numa tentativa de baralhar a defesa contrária.

Com 30 minutos de jogo o Benfica já mandava no jogo. Binya e Carlos Martins mandavam no meio campo, Maxi e Léo mostravam-se quase intransponíveis, enquanto que Balboa e Urreta metiam velocidade no jogo.

Aos 38 minutos passou em branco uma agressão de Tonel a Carlos Martins, e a consequente expulsão do central português. Após uma recuperação de bola de Maxi no meio campo do Benfica, este chuta contra um adversário, a bola sobra para a meia direita para Urreta, que, muito bem, solta para Carlos Martins. No grande círculo, o novo reforço encarnado, assumiu a liderança do contra-ataque, e, já perto da grande área leonina, no momento em que se preparava para passar a bola para Aimar, leva uma cotovelada de Tonel (claramente intencional) na face. Muito mal o árbitro ao deixar passar o lance em claro.

Perto do intervalo o Benfica cheirava o golo. Primeiro após um falhanço de Tonel, que permite que Nuno Assis lhe roube a bola, este cruza para Urreta, mas Tiago sai da baliza para anular o lance. Logo depois, Aimar, descaído para a esquerda e muito apertado, encontra espaço para o remate e obriga Tiago a defesa apertada.

Pouco depois viria o intervalo. Terminava uma primeira parte agradável, que mostrou um Benfica superior.

Ao intervalo alguns desacatos de adeptos de ambos os clubes, que não entraram no estádio, provocaram algumas detenções.

O Benfica entrou na segunda parte com Quim; Maxi, Luisão, Edcarlos e Léo; Urreta, Binya, Rúben Amorim (Carlos Martins) e Jorge Ribeiro (Nuno Assis); Aimar e Makukula (Balboa).

O Sporting registou apenas uma alteração: Ronny por Grimi.

O Benfica entrou melhor nos segundos 45 minutos. A ter pela frente um meio campo leonino algo confuso a sair a jogar, o Benfica continuava a apostar na velocidade de Urreta para as transições. Quando isso não acontecia a bola rodava pelos restantes elementos do meio campo, tentando assim progredir com sucessivas trocas de bola.

Aos 54 minutos Luisão faz uma falta cirúrgica sobre Yannick, que, caso não fosse travado, se escaparia, com muito perigo para a defensiva encarnada.

Logo depois, e aos 57 minutos, Rochemback pica a bola sobre Léo e lança Derlei, que, com Edcarlos a ver jogar e o avançado brasileiro descaído sobre a esquerda, cruza ao segundo poste onde aparece Yannick, que aparece nas costas de Maxi, fazendo de primeira o 0-1. Muita passividade da defesa encarnada.

Aos 59 minutos de jogo Aimar é rendido pelo jovem Fellipe Bastos. O Benfica ficava arrumado, do meio campo para a frente, com: Fellipe Bastos, Binya, Rúben Amorim, Jorge Ribeiro; Urreta e Makukula.

7 minutos volvidos o Benfica quase chega ao empate. Bom lance na esquerda de Urreta que cruza atrasado para Jorge Ribeiro. Este deixa para Fillipe Bastos que pica a bola de primeira por cima da defesa verde e branca para o internacional português. Jorge Ribeiro, na cara de Tiago, perde o tempo de remate e permite o corte a Polga para canto.

Após uma falta marcada a Edcarlos sobre Caneira, na sequência de um canto, Binya remata a bola, que foi contra um jogador do Sporting. A situação caiu mal nos jogadores do Sporting que originou um "sururu" entre quase todos os jogadores.

72 minutos de jogo e Edcarlos a dar (mais) um passo atrás na sua continuidade no plantel encarnado. O central brasileiro perde a bola de forma impensável para Yannick, este cruza ao segundo poste onde Derlei chuta para o 0-2. Quim quase que defende. Logo depois Derlei saiu para a entrada de Postiga.


Yebda rendeu Binya aos 75 minutos de jogo.

4 minutos depois Adrien rendia Caneira.

Inacreditável!!! Aos 82 minutos, após um passe largo para um avançado leonino, Edcarlos ganha posição e tem o lance controlado. Sem se perceber bem como, o brasileiro, deixa que a bola lhe passe por cima. O esférico sobra para o jogador do Sporting que dá para Izmailov. O russo remata para defesa apertada de Quim.

A 3 minutos dos 90 Pereirinha entrava para o lugar de Romagnoli.

O jogo terminaria com um 0-2, favorável aos leões, após 4 minutos de descontos.

O Sporting vencia assim o Torneio do Guadiana.

4 comentários:

  1. Se os jogadores fossem com o blog (e a cronica) tinhamos ganho...

    Parabéns

    ResponderEliminar
  2. Sim senhora! Vu ter que vir cá mais vezes. tao a acompanhar tud0.

    tambem vao ter tenis e f1?

    blog muito fixe

    ResponderEliminar