segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

voleibol: José Jardim: “O objectivo é vencer”


O treinador da equipa de voleibol masculino do Benfica, José Jardim, afirma que trabalha para vencer provas e, por isso, esse é o grande objectivo para 2010.
Em declarações à Benfica TV, Jardim começou por fazer uma análise sobre o arranque da equipa na presente temporada. “Eu classifico de extremamente positivo. É evidente que melhor só vencendo todos os jogos. Temos apenas duas derrotas por 3-2”, afirmou Jardim, sublinhando que a equipa está moralizada depois das últimas vitórias obtidas para o campeonato e para a Taça de Portugal.
O plantel foi reforçado para esta época e o treinador mostrou-se muito satisfeito com a forma de estar dos atletas. “Penso que ainda há um trabalho a fazer, mas todos eles têm tido esse sentido de responsabilidade. Têm sabido estar dentro e fora de campo”, destacou o treinador.
Jardim afirmou ainda que “o objectivo da equipa é vencer provas” e que o primeiro jogo do ano vai dar possibilidade de “discutir o primeiro lugar desta fase com o Sp. Espinho”. O encontro está agendado para o dia 9 de Janeiro.

voleibol: Taça de Portugal: Benfica elimina Oeiras


Vitória fácil contra equipa da 2ª divisão. O Benfica não teve dificuldades em qualquer dos três sets.

Sem qualquer tipo de surpesa ou dificuldade, e num jogo onde José jardim pôde fazer algumas experiências e rodar todos os jogadores, o Benfica venceu o CV Oeiras no segundo jogo dos oitavos-de-final da Taça de Portugal por 3-0, com os desequilibrados parciais de 25-11, 25-15 e 25-11.
O Oeiras é de 2ª divisão e tentou apenas dificultar ao máximo a tarefa encarnada, que se junta ao Sp.Espinho, que pelos mesmos 3-0 já havia eliminado anteriormente o Santo Tirso.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Hoquei-Taça Cers

Sábado 19 Dezembro 2009
Taça Cers
Pré-Eliminatória 2ª Mão
Grimsby RHC 1 (ING) 1 vs S.L.Benfica 23
Goleada confirma presença nos oitavos-de-final
O Benfica confirmou sábado passado a sua presença nos oitavos-de-final da Taça CERS, ao repetir a vitória sobre os ingleses do Grimsby.Depois de ter vencido na 1.ª mão da pré-eliminatória da prova por 23-1, a equipa de Luís Sénica repetiu a dose em Inglaterra.A grande figura do Benfica foi o jovem João Rodrigues, autor de oito golos no jogo de hoje. Carlitos (cinco), Valter Neves (quatro), Diogo Rafael (quatro) e Pedro Afonso (dois) marcaram os restantes.Desta forma, os "encarnados" chegam aos oitavos-de-final com um registo de 46 golos marcados e dois sofridos.

Fonte:site oficial slbenfica.pt

Hoquei-Resultados do fim de semana

Sábado 19 Dezembro 2009
Iniciados: S.L. Benfica 5 - H.C. Sintra 0
A equipa de Iniciados voltou a vencer de forma clara e a mostrar que vai lutar pelo título distrital. Uma primeira parte totalmente dominada pelo S.L.Benfica, onde foram obtidos quatro golos sem que o adversário chegasse practicamente à nossa baliza. A segunda metade , foi disputada a um ritmo mais baixo e após o quinto golo aos 6 minutos o Benfica tirou o pé do acelerador e geriu o encontro até final sem quaisquer sobressaltos. Este jogo assinalou ainda o regresso do ex-guarda-redes encarnado Vasco Miranda ao pavilhão Império Bonança, agora representando o H. C. Sintra. Parabéns pela vitória ao S.L.Benfica.Alinharam: Duarte Silva (GR); Diogo Pereira (1); Bernardo Maria (3); Miguel Correia (1); André Gaspar (cap); André Lopes; João Sardo; João Martins e António Mendonça (GR).
Infantis: S.L.Benfica "A" 6 - E.S. Stuart de Carvalhais 1
Depois da derrota da semana passada a nossa equipa tinha de regressar às vitórias para disputar o apuramento ao nacional. O S.L.Benfica desde o apito inicial que tomou as rédeas do encontro e foi sempre à procura do golo. O primeiro surgiu aos 5 minutos pelo capitão Nuno Guedes, mas o furacão encarnado surgiria entre os 8 e os 10 minutos com quatro golos do Benfica, um de Gonçalo Pinto e três de Diego Dias, chegando a partida ao intervalo com uma vantagem encarnada de 4-0. O segundo tempo iniciou-se com um golo dos visitantes no minuto inicial, mas a nossa equipa manteve sempre a partida controlada e selou a vitória aos 9 minutos com mais um golo de Gonçalo Pinto. Boa vitória e uma boa exibição, sobretudo na primeira parte do Benfica. Parabéns a toda a equipa.Jogaram neste encontro: Tiago Figueiredo (GR); Nuno Guedes (Cap)(1); Diego Dias (3); Gonçalo Pinto (2); João Bernardes; Miguel Viegas; Rodrigo Raposo; Gustavo Neves; Diogo Ramalho e Ricardo Ribeiro (GR).
Infantis: S.L. Benfica "B" 5 - U.D.C. Nafarros 6
Mais uma partida e mais um jogo discutido até final onde infelizmente a vitória não sorriu para a nossa equipa. Pese embora a entrega e a determinação, faltou a estrelinha para pelo menos ter sido obtido um empate. De qualquer forma a nossa equipa sai sempre de cabeça erguida e isso é sem dúvida um motivo de orgulho para todos os adeptos. Parabéns.
Benjamins: P. Arcos "A" 13 - S.L.Benfica 3
Os pequeninos Benjamins voltaram a encontrar o P. Arcos e não conseguiram levar de vencida este adversário que na 1ª volta já nos tinha vencido por 18 - 3, o que significa uma redução significativa da diferença ainda por cima jogando na casa do adversário. O mais importante no entanto, para além da evolução dos nossos jogadores é que eles ganhem o "bichinho" da modalidade para poderem evoluir de forma constante e isso tem sido uma realidade. Um abraço a toda a equipa.
Domingo 20 Dezembro 2009
Juniores: S.L.Benfica 13 - Parede F.C. "B" 3
Juvenis: Sporting C.P. 6 - S.L.Benfica 8
Ao quinto jogo da época, o S.L.Benfica venceu e fora de portas. Como já referido várias vezes, o Sporting é uma das mais fortes equipas a nível nacional mas o Benfica, que não tendo os mesmos do seu adversário, o certo é que nos quatro jogos anteriores, perdendo sempre, foi sempre reduzindo a diferença no marcador de jogo para jogo. O resultado da semana passada em P. Arcos veio quebrar um ascendente de resultados positivos que o Benfica vinha a alcançar mas ontem voltaram aos bons resultados, sendo este mesmo um excelente resultado, frente a uma equipa até ontem invicta. O trabalho, a determinação, a humildade e o brio também ganham jogos e esta equipa de Juvenis é bem o exemplo disso. Com muitas críticas desde o seu primeiro dia de treinos ( mesmo a nível interno), o certo é que pouco a pouco tem vindo a subir o seu rendimento e consequentemente os resultados. O apuramento para o campeonato nacional foi um prémio justíssimo para quem tanto se tem esforçado e a vitória de ontem, não valendo mais do que três pontos, é sem dúvida um grande incentivo para continuarem a trabalhar como o têm feito. Um grande abraço ao Prof. Carlos Pires, aos Seccionistas e um especial aos jogadores da nossa equipa de Juvenis.
Infantis: Parede F.C. 4 - S.L.Benfica "B" 2
Nesta jornada dupla dos nossos Infantis "B", mais um encontro bem disputado e com a determinação habitual nos nossos míudos. Sendo a nossa equipa formada por jogadores de 1º ano é natural que sintam maiores dificuldades frente a adversários um ano mais velhos, o que nestas idades é sempre uma diferença acentuada. De qualquer forma, estes nossos jogadores nunca têm esse factor presente e lutam sempre da mesma forma. Merecem sem dúvida o reconhecimento e um aplauso por essa atitude competitiva.
Escolares: Física T. Vedras "B" 5 - S.L.Benfica "A" 8
Mais um jogo e uma vitória dos nossos Escolares "A" frente a um adversário sempre muito dificil mas onde a nossa equipa através da sua reconhecida capacidade conseguiu levar a melhor nesta última jornada do ano de 2009. Um abraço a toda equipa.
Escolares: Física T. Vedras "A" 2 - S.L.Benfica "B" 3
Os Escolares "B" seguiram o exemplo da equipa "A" e logo de seguida venceram igualmente o seu adversário por 3-2. Depois de na 1ª volta ter havida um empate a três golos, os nossos jogadores desta feita foram mais felizes e terminam também o ano com uma saborosa vitória. Parabéns a todos.

Textos de João Pedro Vaz
Fonte:www.stickebola.blogspot.com/
Hoquei Juvenil S.L.B

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Futsal: Benfica "cilindra" Freixieiro

Esta vitória e os consequentes 3 pontos permitem ao Benfica recuperar de novo a liderança do Campeonato Nacional da 1ª divisão, somando os mesmos pontos que o Belenenses.

O Benfica teve uma tarde de autêntica “festa”, num pavilhão repleto de adeptos e com uma goleada a condizer neste que foi o último jogo da 15ª jornada, e por via de tal, colocou-se novamente na liderança do campeonato regular, com os mesmos 39 pontos que Belenenses, mas com a vantagem de ter melhor “goal avarage”.

Os visitantes sofreram uma pesada goleada imposta pelos tri campeões nacionais, que marcaram 10 golos, e com muitos outros a ficarem por marcar. Destaque ainda maior para o “poker” de Joel nos 10-1 impostos ao Freixieiro.

A história da partida resume-se aos golos, com o Benfica a entrar praticamente a vencer, graças ao golo madrugador de Arnaldo Pereira. O Freixieiro tentou reagir ao golo sofrido, e ainda adiou o segundo por alguns minutos, mas nunca se conseguiu libertar da pressão alta que era exercida pelos jogadores do Benfica.

Aos 15', Ricardinho descobriu Gonçalo Alves solto ao segundo poste e este só teve de empurrar a bola para o fundo das redes do jovem guarda redes Rui Rocha, para fazer o 2-0. Este jogo serviu também para que o técnico Joaquim Brito, pudesse ver o seu mais recente reforço Tiago Soares, que fez a sua estreia com a camisola do Freixieiro, sem que este tenha acrescentado algo que ainda tenha faltado a este Freixieiro.

No último minuto do primeiro tempo, Ricardinho aumentou a vantagem através da marcação de uma grande penalidade a castigar uma falta de Ivan na área, ao cortar indevidamente a bola com o braço. Na jogada seguinte e quase de imediato, foi o jogador Marinho que voltou a fazer vibrar as bem preenchidas bancadas do pavilhão ao apontar o 4-0, resultado com que se atingiria o descanso.

Segunda parte com chuva de golos
A expectativa para a segunda metade era em perceber até que ponto a equipa comandada por Joaquim Brito iria ou não conseguir uma reacção à desvantagem, para neutralizar o melhor futsal dos visitados e de equilibrar a partida, mas aos 23', um passe mal medido permitiu a Davi concretizar o quinto golo para os da casa. Este golo foi como que um revés para a equipa do Freixieiro, que baixou os braços por completo, sem nunca conseguir contrariar. Este “débil” Freixieiro pode, contudo, orgulhar-se de rodar todos os jogadores que fizeram parte da convocatória, onde apresentaram sete jovens da formação, vindos da sua “cantera”.

Os experientes jogadores do Benfica controlaram todas as operações da partida, fazendo uma circulação de bola com grande rapidez e qualidade, e foi com naturalidade que os golos foram surgindo. O 6-0 surgiu aos 29', por intermédio de César Paulo, num lance à pivot. A completa má prestação dos visitantes era por demais evidente, e o acumular de faltas deixava-os ainda pior e o Benfica esse aproveitou para construir um resultado histórico, quase como que a responder à goleada sofrida no ano passado no velhinho choradinho.

Poker de Joel
Destaque para Joel Queirós, o goleador mor desta equipa, que não se mostrou rogado e fez então o gosto ao pé por 4 ocasiões, 7-0 aos 32' com um toque subtil a desviar sobre o recém entrado guarda redes Barbas e voltando a marcar por mais três vezes, todas na marcação de livres directos da marca dos 10 metros.

Tento de honra forasteiro
O inrequieto Márcio, mais um jovem da "cantera” ainda rediziu para os 9-1, o tento de honra dos visitantes, ele que é um jovem com promissor valor, e que hoje teve uma excelente oportunidade paar poder evoluir.

Vitória justa do Benfica, que foi sempre a melhor equipa em campo, e que encontrou pela frente um adversário que revelou pouca atitude competitiva, face á sua disponibilidade fisico-atlética.

O registo para a pequena homenagem feita ao intervalo pelos jogadores e adeptos do Benfica ao ex colega e benfiquista Rogério Vilela, que esteve presente a assistir ao jogo, ele que agora se encontra a jogar na Croácia, dando continuação à sua carreira.

Resumo do jogo:

Fonte: scn

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Voleibol: Carlos Fidalgo: “Não podemos facilitar”

Atleta antevê jogo da Taça

A equipa de voleibol masculino joga amanhã com o CV Oeiras para a 2.ª eliminatória da Taça de Portugal. No programa Em Linha da Benfica TV, o atleta Carlos Fidalgo defendeu esta segunda-feira que a equipa não pode entrar a pensar que a vitória já está garantida.

“É uma equipa da 2.ª divisão, que conhecemos bem e não podemos facilitar. Temos a experiência do ano passado em jogos da Taça em que facilitámos um bocado e as coisas tornaram-se mais difíceis”, afirmou o jogador.

Ainda assim, Carlos Fidalgo admitiu que o desafio poderá ser uma oportunidade para os atletas menos utilizados. “Queremos entrar bem e dar a possibilidade se possível a alguns jogadores que jogam menos de poderem entrar em campo e mostrar ao treinador que são opções sempre válidas para qualquer jogo”, disse.

Por seu lado, o atleta João Magalhães referiu que os encontros da Taça de Portugal são cruciais por serem a eliminar. “ Os jogos decisivos trazem sempre outra responsabilidade e emoção”, afirmou, prevendo que “vai ser um jogo acessível”.

A partida entre o Benfica e o CV Oeiras realiza-se amanhã, dia 22 de Dezembro, pelas 21 horas, no Pavilhão nº 2 da Luz. O jogo da 2.ª eliminatória da Taça vai ser transmitido em directo pela Benfica TV.

As entradas para assistir ao jogo são grátis.

Voleibol: Benfica vence nos Açores

Encarnados venceram pela margem máxima o Fonte Bastardo que se apresentou bastante desfalcado.

O Benfica venceu facilmente o Fonte Bastardo, em encontro a contar para a 17ª jornada, da Divisão A1. Os encarnados venceram pela margem máxima (18-25;11-25;16-25), frente aos açorianos que se apresentaram demasiado desfalcados, pelo facto de a Gripe A ter atacado o plantel.

Recorde-se que Fabiano Sousa, Rui Santos e o líbero João Coelho foram os jogadores afectados, enquanto Caique Silva se encontra lesionado. Perante estas limitações, às quais se juntam a falta de treinos na preparação para este jogo devido ao perigo de contágio do virus H1N1, o técnico Luis Resende foi obrigado a recorrer de Miguel Menezes para a posição de líbero e foi na recepção que sentiu a diferença.

José Jardim mesmo assim não foi de modos e apostou na equipa mais forte, não dando lugar a rotação de jogadores. Robert Tarr (11 pontos), Pedro Dornelas (12 pontos) e Reidel Torian (13 pontos) foram os melhores pontuadores do encontro.

Desta forma os encarnados ascendem à segunda posição, com um ponto de atraso para o líder Sp. Espinho, igualando o V. Guimarães que apesar de actualmente somar o mesmo número de jogos, irá jogar amanhã diante do Esmoriz, num encontro com direito a transmissão televisiva. Já em relação ao 4º classificado, as águias somam já mais quatro pontos, depois dos vilacondenses perderem diante do Castêlo da Maia.

domingo, 20 de dezembro de 2009

Basquetebol: Benfica Vence Clássico

Maturidade benfiquista foi decisiva

No jogo mais aguardado da sétima jornada da Liga de Basquetebol, o Benfica venceu o eterno rival FC Porto, por 78-72, dando assim continuidade à sua invencibilidade no campeonato. Depois de uma primeira parte morna, o jogo atingiu os níveis de emotividade esperados, não defraudando todos aqueles que esperavam ver um bom espectáculo de basquetebol. Embora alguns lapsos indesculpáveis, venceu a equipa que melhor soube controlar os níveis de ansiedade, demonstrando que, nesta fase, possui mais traquejo para abordar os momentos decisivos dos encontros.

Foi com alguma surpresa, que os dois conjuntos se apresentaram na sua máxima força, após as recuperações “milagrosas” de Sérgio Ramos e Jeremy Hunt. Também aqui se jogou durante a semana que antecedeu este clássico, com ambos os técnicos a esconderem a utilização dos jogadores supostamente indisponíveis para este encontro.

Mas para os cincos iniciais, os dois técnicos foram cautelosos, optando por manter os recém recuperados no banco de suplentes. Se no FC Porto a equipa inicial não surpreendeu, no Benfica a entrada de Diogo e principalmente a utilização simultânea de Frisby e Évora, fugiu um pouco ao que vem sendo hábito nos encarnados.

Apesar do triplo de Diogo Carreira no início do encontro, os primeiros minutos do jogo foram típicos de um clássico, onde se lutou mais, saindo prejudicado o espectáculo. Mesmo assim, começou melhor a equipa da casa - apenas 2 pontos dos portistas nos primeiros 5 minutos - , recorrendo ao seu jogo interior, onde a presença das suas “torres” a fazendo mossa, particularmente Frisby, que foi um autêntico quebra cabeças para a defesa portista. Já com Hunt, a jogar na posição de segundo base, e André Bessa a comandar muito bem o ataque da equipa azul e branca, que o diga Carlos Andrade, a vantagem dos encarnados foi decrescendo, atingindo-se o final do 1º quarto com as duas equipas separadas por 1 pontos (22-21), favorável à turma das águias.

Para o segundo quarto, o técnico Moncho Lopez tentou surpreender experimentando uma defesa 2x3, que o extremo benfiquista João santos,
rapidamente se encarregou de ultrapassar, com 5 pontos consecutivos. Foi um mau período dos visitantes que obrigou Moncho Lopez a interromper a partida (6.20 minutos para jogar), de modo a impedir que a diferença que já se registava (25-33) se avolumasse ainda mais. Passando a jogar melhor o bloqueio directo na bola, e sobretudo, a bater-se melhor na luta pelas posições interiores, os portistas voltariam a fechar o resultado, e não fosse um lançamento de 2 pontos de Sérgio Ramos, no último segundo da 1ª parte, a diferença ter-se-ia mantido (41-38).

Para a segunda parte, o técnico Henrique Vieira apostou ainda mais na estatura do seu cinco em campo, passando a jogar com Ben Reed na posição de base, ocupando Sérgio o lugar deixado em aberto na posição de extremo. Como resposta, os dragões optaram pelo regresso à sua defesa zona, privilegiando a ocupação das áreas mais próximas do cesto e arriscando na concessão de lançamentos exteriores aos encarnados. E se, inicialmente o jogo parecia correr de feição à equipa da casa, com Sérgio a acertar “duas bombas”, o sucesso do tiro exterior foi decrescendo, potenciando o equilíbrio na marcha do marcador. No último minuto do período os ânimos aqueceram, com a marcação de uma falta anti-desportiva a Carlos Andrade. Para além de um lance-livre adicional, deu origem a um triplo na posse de bola subsequente, justificando o pequeno fosso no resultado – 6 pontos 59-53) – favorável aos encarnados.

Os primeiros 5 minutos do derradeiro quarto mantiveram a tendência que se registava no final do período anterior (68-62), apenas com a curiosidade de se terem invertido os papéis na defesa, sendo agora os encarnados, nas suas alternâncias defensivas, aquela que mais optava pela defesa zona 2x3. A linha de lance-livre passou então a ser o principal “carrasco” da equipa azul e branca, fruto do aumento da sua agressividade defensiva, e frustração ofensiva pela não concretização dos seus lançamentos triplos. A 2.24 minutos do final do encontro e com o resultado em 74-66, Moncho manda avançar a sua equipa para uma pressão campo todo, na tentativa de recuperar. Momento este, para Ben Reed dar uma ajuda cometendo uma falta anti-desportiva, tendo a posse de bola. De seguida, após uma reposição na linha final, Ben cometeu um turnover que terminou com mais um triplo de Hunt,colocando o resultado em 74-72, para os visitados a 1.17 minutos para o final do encontro. Seguiram-se dois ataques, um para cada equipa, sem sucesso, cabendo depois a Diogo Carreira ir para a linha de lance-livre, onde converteu apenas um (75-72). A precipitação ofensiva de Jeremy Hunt acabou por colocar um ponto final no encontro, quando com ainda bastante tempo de ataque forçou um lançamento de 3 pontos, na tentativa do empate. Ben Reed selou o resultado final do encontro, colocando o marcador em 78-72.

As boas exibições de Will Frisby (14 pontos, 10 ressaltos, 4 assistências, 3 roubos de bola e 2 desarmes de lançamento), MVP da equipa, e Sérgio Ramos (16 pontos, 10 ressaltos), mesmo sem treinar, foram decisivas para a manutenção da invencibilidade dos encarnados no campeonato.

Nos dragões, a dupla de norte-americanos composta por Julien Terrel (20 pontos, 11 ressaltos, 2 roubos de bola e 2 desarmes de lançamento) e Jeremy Hunt (12 pontos, 5 ressaltos, 3 roubos de bola e 2 assistências) foi a que mais se destacou.

Fonte: fpb.pt

sábado, 19 de dezembro de 2009

Voleibol: José Jardim: "É um jogo extremamente difícil"

A equipa de voleibol masculino desloca-se este sábado ao recinto do Fonte Bastardo e o treinador José Jardim espera somar mais uma vitória para continuar nos lugares cimeiros da tabela.

"Queremos vencer para podermos conseguir, para já, passar para a segunda posição e podermos lutar pela primeira em Espinho e isso é possível vencendo todos os jogos", afirmou à Benfica TV.

No entanto, José Jardim não espera facilidades na deslocação aos Açores, alertando para isso mesmo: "Sabemos que estes adversários são também bastante bem apetrechados e com várias soluções. Portanto, é também um jogo extremamente difícil.

"O Benfica, actual terceiro classificado, defronta o Fonte Bastardo, quinto colocado na tabela, pelas 18 horas deste sábado.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Hoquei em patins-Jogos de fim de semana

Sábado 19 Dezembro 2009
Campeonato Distrital de Lisboa Iniciados Série J 3ª Fase
S.L.Benfica vs Sintra ás 20H15M
Campeonato Distrital de Lisboa Infantis Série L 3ªFase
S.L.Benfica "A"vs Stuart Carvalhais ás 21H45M
Campeonato Distrital de Lisboa Infantis Série I 2ª Fase
S.L.Benfica "B" vs Nafarros ás 14H00M
Encontros Distritais de Benjamins 1ª Fase Série B
Paço Arcos "A" vs S.L.Benfica ás 15H00M
Domingo 20 Dezembro 2009
Campeonato Distrital de Lisboa Juniores Serie H 3ªFase
S.L.Benfica vs Parede "B" ás 20H00M
Campeonato Distrital de Lisboa Juvenis Série I 3ª Fase
Sporting vs S.L.Benfica ás 16H30M
Encontros Distritais de Escolares 1ª Fase Série B
Fisica "B" vs S.L.Benfica "A" ás 10H00M
Encontros Distritais de Escolares 1ª Fase Série C
Fisica "A" vs S.L.Benfica "B" ás 11H00M

Ultima jornada da fase de grupos da Liga Europa: Benfica VS Aek

Com o Benfica a preparar o derby de domingo a equipa apresentada hoje será composta por jogadores menos utilizados.
O Benfica já tem o apuramento garantido assim como o 1º lugar.
Espera-se 1 vitória nem que seja para não deixar a Holanda nos passar no ranking da UEFA e pela alma, orgulho Português.

Benfica - AEK

Hora: 20H05

Transmissão: sic

Estádio da Luz

Árbitro

Gianluca Rocchi[Itália]

Assistentes

Luca MaggianiNicola Nicoletti

Assistentes Adicionais

Luca Banti Emidio Morgani

4º Árbitro

Christian Brighi


Treinador: Jorge Jesus

13 Júlio César GR

22 Luís Filipe DD

28 Miguel Vítor DC

27 Sidnei DC

3 Shaffer DE

15 Roderick MD

17 Carlos Martins MO

20 Di María MO

24 Felipe Menezes MO

21 Nuno Gomes AV

19 Weldon AV


Suplentes

1 Moreira GR

14 Maxi Pereira DD

4 Luisão DC

25 César Peixoto DE

6 Javi García MD

11 Keirrison AV

7 Cardozo AV



Treinador: Dusan Bajevic

23 Saja GR

2 Araújo DD

5 Majstorovic DC

4 Geraldo DC

15 Karabelas DE

14 Makos MD

12 Jahic MD

34 Tachtsidis MO

9 Leonardo AD

11 Manduca AE

18 Blanco AV


Suplentes

22 Arabatzis GR

87 Arce DD

90 Gentzoglou DC

1 Kafes MD

8 Nsaliwa MD

3 Hersi AD

21 Pavlis AV

30 Iordache AV

Hoquei-Taça Cers

Sábado 19 Dezembro 2009
Taça Cers
Pré-Eliminatória 2ª Mão
Grimsby RHC 1 (ING) vs S.L.Benfica ás 19H00M

Hoquei-Campeonato Nacional 1ª Divisão

Terça-Feira 15 Dezembro 2009
Campeonato Nacional 1ª Divisão
10ª Jornada
S.L.Benfica 4 vs Física 3
Diogo Rafael bisa no triunfo suado frente à Física
A equipa de hóquei em patins masculino alcançou esta terça-feira uma vitória complicada (4-3) na recepção à Física, em encontro da 10.ª jornada do campeonato nacional da modalidade. Diogo Rafael apontou dois dos quatro tentos do Benfica.A Física colocou-se em vantagem no jogo desta noite na conversão de uma grande penalidade. Carlos Garrancho foi o autor do tento da formação de Torres Vedras.O Benfica conseguiu chegar à igualdade antes do intervalo, ao marcar por intermédio de Ricardo Pereira. No último minuto da primeira parte, a equipa de Luís Sénica beneficiou de uma grande penalidade, no entanto, Diogo Rafael não conseguiu bater o guarda-redes visitante. O jogador “encarnado” redimiu-se no início do segundo tempo. Após um excelente trabalho individual, Diogo Rafael fez o 2-1 para o Benfica.A Física ainda conseguiu empatar por intermédio de Alan Fernandes, mas o Benfica respondeu com um remate certeiro de Valter Neves. O guarda-redes dos “encarnados” Ricardo Silva evitou uma primeira tentativa do adversário de voltar à igualdade, ao defender um penalty de Carlos Garrancho. Contudo, o jogador Carlos Godinho bateu Ricardo Silva num lance de ataque da Física.O Benfica acabou por chegar à vitória a um minuto do final do desafio. Diogo Rafael marcou numa recarga a um livre directo cobrado pelo companheiro de equipa Pedro Afonso.

Fonte:site oficial do slbenfica.pt

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Hoquei-Resultados do fim de semana

Sexta-Feira 11 Dezembro 2009
S. Alenquer e Benfica 2 - S.L. Benfica 6 (Juniores)
Depois de alguns anos, o S.L.Benfica voltou a Alenquer no escalão de Juniores, numa partida que marcou o arranque da fase que vai decidir o campeão distrital da categoria. O S.Alenquer e Benfica que tinha averbado apenas uma derrota na presente temporada, era um adversário de quem se aguardavam dificuldades, dificuldades essas a que se juntaram a noite muito fria e o impacto que as baixas temperaturas têm não só nos jogadores mas também na bola e no próprio piso. A equipa da casa na fase inicial do jogo teve mais posse de bola, ficando o Benfica mais na expectativa, como que a estudar e a medir o pulso ao adversário. Mas logo aos 5 minutos um rápido contra-ataque do Benfica e João Beja assistiu João Rodrigues para a abertura do marcador. Aos poucos o Benfica ia começando a controlar o jogo embora sempre com a atitude muito aguerrida do Alenquer a tentar o empate. Tal viria a suceder aos 13 minutos, depois duma primeira defesa de João Coelho, surgiu a recarga sem oposição no coração da nossa área. Só que os nossos Juniores , embora com manifestas dificuldades em desenvolver o seu melhor hóquei por via da bola muito rija e o piso escorregadio, jogavam com grande personalidade e três minutos decorridos voltavam à liderança do marcador, com um "chapéu" perfeito do João Rodrigues ao guardião alenquerense. No tempo que restou do primeiro tempo, assistiu-se a um Benfica sempre a controlar a partida, a dispôr de algumas ocasiões de golo frente a um adversário que não desistia e tentou sempre a sua sorte. Mas no último minuto da primeira parte, João Beja recupera uma bola a meio ringue e caminhou sózinho para a baliza contrária, conseguindo bater o guarda-redes adversário e assegurar uma vantagem de dois golos ao intervalo.No segundo tempo, a partida manteve o mesmo condão, com um Benfica dominador frente a um adversário muito guerreiro e a não se entregar, a justificar a boa época que tem vindo a realizar. Aos 8 minutos o S.L.Benfica aumentou a vantagem numa jogada de pressão na área contrária, recuperação de bola e assistência de Marco Gatinho para Diogo Alves fazer o 1-4. Aos 12 minutos, o Alenquer reduziu a diferença na transformação dum livre directo, em que João Coelho foi muito infeliz, já que defendeu o remante adversário mas a bola acabou por entrar na nossa baliza. Com este golo o Alenquer tentou o tudo por tudo e o Benfica sentiu algumas dificuldades no controle do jogo que estava a ter e aos 20 minutos novo livre directo conta o Benfica. Desta vez João Coelho teve sucesso total e no minuto seguinte uma jogada colectiva perfeita de toda a equipa encarnada termina com João Rodrigues a efectuar o último passe para Marco Gatinho encostar para o fundo das redes da equipa da casa. Já no último minuto, o Alenquer faz a 10ª falta de equipa e João Beja chamado à conversão não perdoa e estabelece o resultado final em 2-6. Vitória clara e justa do Benfica, frente a um adversário de valor, a quem não será fácil vencer. De referir ainda que este encontro marcou o regresso aos ringues do ex-jogador do S.L.Benfica Miguel Sousa, agora a representar de novo o clube da sua terra.Parabéns às duas equipas.O Prof. Carlos Pires orientou neste encontro: João Coelho (GR); Pedro Vaz; Marco Gatinho (1); João Rodrigues (2); João Beja (2); Diogo Alves (Cap)(1); Alexandre Silva; Tomás Silva; Diogo Dias e Pedro Henriques (GR).
Juvenis: C.D.P. Arcos 9 - S.L.Benfica 1
Já se sabia à partida que este era um encontro muito dificil para a nossa equipa, uma vez que defrontava uma das equipas mais fortes a nível nacional, mas depois da evolução constante que o conjunto encarnado vinha a evidenciar, nada fazia prever um resultado tão desnivelado. Depois dum inicio de jogo mais ou menos tranquilo, a meio da primeira houve um colapso da nossa equipa que não teve capacidade para segurar o P. Arcos já que em cerca de 6 minutos o resultado passou de 1-0 para 7-0 ao intervalo. No segundo tempo, a vantagem da equipa da casa permitiu tirar o pé do acelerador e o Benfica conseguiu tranquilizar e evitar o avolumar desta pesada derrota. O apuramento para o Nacional só por si não constitui o objectivo da temporada, há que continuar a trabalhar com empenho para evoluir todos os dias e reduzir a diferença para os adversários mais fortes.
Sábado 12 Dezembro 2009
Iniciados: E.S. Stuart Carvalhais 1 - S.L. Benfica 6
Os Iniciados do S.L.Benfica iniciaram da melhor forma esta derradeira fase para apuramento do campeão distrital. Frente a uma equipa cuja base foi a que se classificou brilhantemente em 3º lugar no campeonato nacional de Infantis da temporada anterior e também num piso sempre dificil para os visitantes, a equipa encarnada apesar de ter maior ascendente na primeira parte do encontro e ter obtido o primeiro golo bem cedo por Bernardo Maria, jogou sempre de forma muito lenta nesta fase do encontro. Essa maior iniciativa de jogo , pela lentidão com que se realizava não permitiu muitas oportunidades claras de golo por parte dos nossos Iniciados e acabou por ser a equipa da casa a empatar o encontro, através dum golo "caído das nuvens".O segundo tempo também teve um golo madrugador por Diogo Pereira e logo de seguida foi Bernardo Maria a aumentar a vantagem. A formação do Stuart de Carvalhais caíu um pouco em termos anímicos por saber que o marcador começava a fugir e a nossa equipa, pelo contrário, passou a jogar com maior tranquilidade. Até final mais dois golos de Diogo Pereira e um de João Sardo assistido por Miguel Correia carimbaram esta entrada vitoriosa nesta fase final. Parabéns a toda a equipa.António Pinto fez alinhar: António Mendonça (GR); André Lopes; André Gaspar (Cap); Bernardo Maris (2); Miguel Correia; Diogo Pereira (3); João Sardo (1); João Martins e Duarte Silva (GR).
Infantis: J. Salesiana "A" 7 - S.L.Benfica 5
Uma derrota na jornada inaugural desta "poule" de qualificação para o campeonato nacional, onde quatro equipas lutam por duas vagas. A nossa equipa pese o empenho dos nossos jogadores não foi capaz de vencer esta primeira final. Mas foi só a primeira jornada e nas horas das dificuldades é que se vê a força das equipas. Estamos certos de que esta equipa vai conseguir qualificar-se e para isso é necessário o apoio efectivo de toda a familia do hóquei encarnado. Um abraço a todos.
Escolares: U.D.C. Nafarros 4 - S.L. Benfica 4
No final da fria tarde de Sábado a nossa equipa de Escolares "B" foi a Nafarros empatar a 4 golos, num encontro que esteve à frente do marcador quase até final da partida. Mais um jogo em que a nossa equipa teve oportunidade de mostrar bons momentos de hóquei em patins. Parabéns.
Domingo 13 Dezembro 2009
Escolares: A.J. Salesiana 2 - S.L.Benfica "A" 25
Um resultado que diz tudo quanto à diferença entre as duas equipas e que pese embora todo o empenho da equipa da casa, esta nada pôde fazer quanto à superioridade dos nossos miudos.
Benjamins: S.L.Benfica 24 - U.D. Vilafranquense 1
Também os pequeninos dos Benjamins obtiveram uma vitória gordinha na jornada de sábado, frente a uma formação que voltou esta época a apresentar equipas nos escalões de formação, o que se saúda. O mais importante nestas idades é o facto de participar e usufruir do prazer do jogo e todas estas crianças o puderam fazer na tarde de sábado.

Textos de João Pedro Vaz
Fonte:www.stickebola.blogspot.com/
Hoquei Juvenil S.L.B

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Voleibol: “Encarnados” vencem Castêlo da Maia"


No pavilhão nº2 assistiu-se a mais uma excelente partida entre o SLBenfica e o Castelo da Maia que foi favoravel aos encarnados por 3-0 com os parciais de 25-14, 22-25, 29-27 e 25-30.
Depois de ter defrontado e vencido o V.Guimarães notavelmente os encarnados levaram de vencida o Castelo da Maia iniciando o encontro com um expressivo 25-14 prespectivando um jogo mais facil do que se poderia esperar, a equipa adversária não conseguia contrariar a equipa orientada pelo Prof.José Jardim.
Um segundo set em que o Castelo da Maia acertou alguns promenores e com a mudança de passador deu o empate na partida igualando em sets com um parcial de 25-22.
Os encarnados reagiram muito bem e apesar de alguns erros o terceiro set o mais equilibrado de todos caiu para as aguias sendo que o grupo é mais homogeneo e a força de vontade pela disputa de todos os pontos reverteu a favor do SLBenfica com o parcial de 29-27.
O quarto set foi equilibrado mas os encarnados controlaram sempre o jogo fechando com o parcial de 25-20.
O destaque voltou a ser de Pedro Dornelas que já vem sendo habito nao deixando de referir as excelentes prestações de Reidel Toiran, Fabio Jardel e Gustavo Folle não deixando de mencionar todos os outros elementos da equipa.

Basquetebol: Fantástica recuperação até à Vitória


Benfica ganha em Guimarães e continua invicto

O Benfica manteve a invencibilidade na Liga Portuguesa de Basquetebol, derrotando no Minho, no derradeiro segundo da partida, o Vitória de Guimarães (82-80), a única equipa que até à data tinha vencido os encarnados. Mesmo sem contar com Sérgio Ramos, os encarnados demonstraram uma grande capacidade de sofrimento, tendo sido capazes de recuperar de uma desvantagem de 20 pontos já no decorrer do 3º quarto. Uma palavra de conforto para os vimaranenses, pela excelente entrega e atitude reveladas ao longo de toda a partida frente aos actuais campeões nacionais.

O primeiro período do encontro ficou marcado pela superioridade dos vimaranenses, muito por culpa da excelente pontaria que a equipa revelou nos lançamentos para lá dos 6.25 metros, particularmente o base atirador Jaime Silva – 14 pontos, 4 em 5 de 3 pontos – que esteve “on fire”. O Benfica ainda tentou alterar o rumo dos acontecimentos, com a entrada de António Tavares – saída de Barroca, com Ben Reed a assumir a função de 1º base - e alterando o seu sistema defensivo, introduzindo uma defesa zona que, em abono da verdade, em nada resultaria. Foi sem surpresa que a equipa da casa terminou o quarto na frente com uma vantagem de 12 pontos (29-17), como resultado da fantástica inspiração na hora de atirar ao cesto.

Para o segundo quarto o treinador Henrique Vieira regressou à sua habitual defesa hxh, mantendo a aposta na dupla de bases formada por Reed e Tavares. Contrariamente ao que tinha sucedido nos primeiros 10 minutos, ambas as equipas procuraram mais as soluções interiores, mas continuou a ser o Vitória quem melhor procurou as situações ideais de lançamento, alternando o seu jogo interior com o tiro de longa distância. Os encarnados tiveram o seu melhor momento já perto do final do período, altura em que reduziram a diferença para apenas 8 pontos (37-45). Mas dois minutos desastrados bastaram para os visitados reporem a vantagem na casa das dezenas (53-39).

No recomeço da partida, o V. Guimarães deu sinais de que iria embalar definitivamente para um triunfo fácil, atingindo a marca dos 20 pontos de vantagem com apenas 3 minutos jogados no período. A entrada de Diogo Carreira (10 pontos no período) e fazendo o seu adversário experimentar um pouco do seu próprio veneno – 4 triplos quase consecutivos – o Benfica rapidamente reduziu a diferença para os 10 pontos (56-66).

Quanto tudo levava a crer que os encarnados estariam na mó de cima, uma perda de bola infantil e uma situação fácil de contra-ataque de 1x0 obrigaram o técnico Henrique Vieira a parar o jogo (56-70). A interrupção fez bem aos benfiquistas, já que nos minutos finais do quarto foram capazes de encostar novamente o resultado, deixando tudo em aberto para decisivo período do encontro - 70-64 favorável ao Vitória.

O último e derradeiro quarto ganhou em emoção aquilo que perdeu em pontos marcados. Principalmente a equipa do V. Guimarães, que durante os primeiros 5 minutos apenas converteu 3 pontos, graças a um triplo de Jaime Silva. Na parte final do encontro a maior experiência do Benfica e, principalmente as referências interiores dos encarnados - destaque para Will Frisby - , fizeram toda a diferença na forma como as duas equipas geriram a pressão do resultado.

Nem mesmo a 5ª falta de Frisby, com ainda 2 minutos para jogar e o resultado em 77-76, favorável à equipa da casa, fez esgotar as soluções atacantes das águias. Os actuais campeões nacionais passaram para a frente do marcador (78-77) quando faltavam apenas 45 segundos para o termo da partida, após um ressalto ofensivo de Elvis Évora.

Os vimaranenses, mesmo com a intervenção do seu técnico Fernando Sá a solicitar um de desconto de tempo, continuava a demonstrar falta de esclarecimento no ataque, forçando o tiro exterior, mas sempre como recurso de movimentos atacantes pouco fluidos. Quando a 18 segundos do final Ben Reed converteu os 2 lances-livres a que teve direito, colocando o resultado favorável ao Benfica 80-77, o cenário ficou muito negro para os minhotos.

Foi então que surgiu o momento de inspiração individual de Rod Nealy que, com um triplo dos 8 metros, empatou a partida a 80 pontos. Cheirava a prolongamento mas havia ainda 11 segundos para se jogar, tempo mais do que suficiente para os encarnados terem uma última tentativa de lançamento para tentar vencer o jogo. Depois de definido no banco quem seria o autor dessa tarefa, coube a Ben Reed a responsabilidade, sob o apito final, de converter os 2 pontos da vitória, numa jogada individual, em que explorou a vantagem que tinha no 1x1 frente a Tommie Eddie, que tinha ficado com a defesa do norte-americano do Benfica, após uma troca no bloqueio directo.

O norte-americano Ben Reed (12 pontos, 8 ressaltos, 6 assistências e 3 roubos de bola), acabou por ser o herói da partida, num encontro em que Will Frisby (25 pontos, 7 ressaltos e 4 assistências) voltou a ser o jogador encarnado mais valioso dos benfiquistas. As exibições de Rod Nealy (17 pontos, 13 ressaltos, 9 assistências e 3 desarmes de lançamento), Karlton Jr (14 pontos, 10 assistências, 4 ressaltos e 3 roubos de bola), bem como as fantásticas percentagens de 3 pontos de Jaime Silva (16 pontos, 4 em 7) e Fernando Neves (18 pontos, 4 em 6), mereciam outro desfecho.

Fonte: fpb.pt

domingo, 13 de dezembro de 2009

Futsal: Benfica empata em Vizela


Grande espectáculo em Vizela termina empatado

Intensidade, oportunidades, golos e alternância no marcador. Todos os condimentos de um grande jogo, impulsionado por grandes exibições individuais. O empate é completamente adequado ao que se passou em campo, pois nenhuma das equipas merecia perder. 4-4 foi o resultado final obtido a 40's do final de calcanhar por Esteves.

A partida começou com a Fundação a adiantar-se no marcador. Miguel Almeida voltou a habitual apetência para marcar ao Benfica e logo no primeiro minuto colocou os homens de Vizela na frente do marcador. Estava confiante a Fundação e pouco depois o árbitro considerou que Zé Carlos carregou Paulo Leite em falta no interior da área e apontou para a marca dos 6 metros. Miguel Almeida esteve irrepreensivel na conversão da grande penalidade e dobrou a vantagem dos homens da casa.

O Benfica passou a assumir por completo as despesas do jogo, mas diga-se que na primeira metade a Fundação esteve praticamente perfeita a defender. Foram por isso poucas as oportunidades para as águias e a melhor situação de finalização pertenceu mesmo aos Vizelenses. Jogada de Amílcar que serviu Gabri, mas o remate encontrou o pé de Marinho, que em cima da linha substituiu o seu guarda-redes.

Sem mais golos chegou-se ao descaso e no recomeço a Fundação podia ter aumentado a vantagem. Miguel Almeida (quem mais?), recebeu um bom passe de Paulo Leite e na cara de Zé Carlos rematou com violência ao poste esquerdo da baliza encarnada. Um susto para as águias que arrancaram aí para una excelente segunda parte.

Davi foi a figura e com dois golos reestabeleceu o empate. Primeiro numa fabulosa acção individual, culminada com um bomba em posição frontal e depois, com finalizando com um remate rasteiro, após combinação com César Paulo. Podia a fundação acusar em demasia o golo, até porque vinha de um resultado negativo. Puro engano os pupilos de Rui Pereira, voltaram a demonstrar (já não há dúvidas) que têm um enorme carácter, e Gabri com uma finalização de classe recolocou a Fundação na frente do marcador.

Ainda havia muito para jogar e apareceu a cambalhota no marcador. Dois golos tirados praticamente a papel químico com Joel e Pedro Costa a darem a vantagem ao Benfica. O resultado premiava a humildade e entrega dos jogadores encarnados, mas as emoções ainda não tinham terminado.

A Fundação colocou Miguel Almeida, na vez de Vítor Hugo e já no último minuto chegou ao empate. Quase dramático, até porque antes de Esteves colocar a bola no fundo das redes (delicioso toque de calcanhar), Paulo Leite enviou a bola à barra.

Repetimos o que dissemos no início, marcador justo pelo que as duas equipas fizeram. Nenhum dos conjuntos merecia sair derrotado e a repartição de pontos acaba por ser um mal menor, para ambas.

Fonte: Futsal Portugal

Voleibol: Benfica cilindra V. Guimarães


Assistiu-se no pavilhão nº2 a uma excelente partida em que a equipa encarnada venceu e convenceu por 3-0 o lider V.Guimarães pelos parciais de 27-25;25-20;25-13.
O V.Guimarães entrou muito bem na partida mas os encarnados demonstraram ter mais argumentos para combater a forte equipa adversária um dos quais a excelente recepçao e bloco um dos pontos em que o Prof.Jose Jardim tem vindo a trabalhar e que esta a dar os seus frutos.
Um primeiro set bastante equilibrado e que o V.Guimarães teve a possibilidade de o ganhar com o parcial em 20-23 mas com os varios erros que cometeram em que os encarnados aproveitaram e levaram de vencida por 27-25.
Os encarnados entraram no 2º set sem pressão e jogando muito bem com Pedro Dornelas e Reidel Toiran (Chino) em evidência. O V.Guimarães acusou muita ansiedade e cometeu diversos erros essencialmente na componente do serviço o que determinou o parcial de 25-20.
No ultimo set o parcial de 25-13 não deixou qualquer duvida a superioridade da equipa encarnada, os adversários baixaram os braços e com os riscos que assumiram em serviços directos que falharam as aguias aproveitaram e finalizaram facilmente este set.
Com este triunfo o SLBenfica ganhou novo animo na disputa do 1º lugar no campeonato e para a partida que hoje se disputa diante do Castelo da Maia.
Declarações:
José Jardim, treinador do Benfica"Superámos a pressão que tínhamos para este jogo"

Apesar da vitória concludente, José Jardim considerou que o equilíbrio inicial se deveu a uma má entrada dos seus jogadores em campo. "A equipa entrou demasiado tensa, mas superámos a pressão que havia sobre este jogo, por ser muito importante para as nossas aspirações", revelou o técnico benfiquista.

Para o treinador encarnado, a chave da vitória esteve na organização e no aproveitamento dos erros do adversário. "Houve detalhes que fizeram a diferença, felizmente a nosso favor", rematou

sábado, 12 de dezembro de 2009

Futsal: Jogo complicado frente à Fundação


O Benfica tem este sábado um difícil teste pela frente, deslocando-se ao Norte para defrontar a Fundação Jorge Antunes. O jogo está marcado para as 15:05 e terá transmissão na RTP2.

Pivot antevê jogo com Fundação

César Paulo: “Vamos para ganhar”

O pivot brasileiro César Paulo afirmou que a equipa de futsal vai ao recinto da Fundação Jorge Antunes para somar um triunfo, independentemente do valor do adversário.

“Sabemos que é muito difícil jogar lá, mas a gente quer manter-se no primeiro lugar e vamos para ganhar”, disse sobre o encontro da 14.ª jornada do campeonato nacional da modalidade.

A Fundação Jorge Antunes não está a realizar um bom campeonato (ocupa o 9.º lugar), mas o Benfica não espera facilidades na deslocação a Vizela. De qualquer forma, o objectivo é continuar invicto e no lugar mais alto da classificação. “Estamos a trabalhar cada vez mais para manter este momento, não só eu como todos os meus colegas”, assegurou César Paulo.

O encontro entre a Fundação e o Benfica está agendado para as 15h05 deste sábado.

Bebé e Ricardinho não são opção frente à Fundação

O guarda-redes Bebé e o ala Ricardinho não foram convocados pelo treinador da equipa de futsal masculino, André Lima, para o encontro da 14.ª jornada com a Fundação Jorge Antunes.

Além dos referidos atletas, o técnico não pode contar com o veterano Pedrinho.

Lista de convocados: Carlos Paulo, José Carlos, Pedro Costa, Arnaldo Pereira, Zé Maria, Gonçalo Alves, Davi, César Paulo, Marinho, Anilton Silva, Rúben Simões e Joel Queirós.


Fonte: Sport Lisboa e Benfica - Site Oficial

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Basquetebol: Benfica joga em Guimarães


Depois da conquista da Supertaça, um título que há 11 anos fugia ao Benfica, os encarnados têm este domingo, em Guimarães, às 16.05 horas, a oportunidade de vingar a única derrota que sofreram até ao momento na temporada e que lhes custou um título. Para o extremo benfiquista João Santos a fase da época é outra e a equipa encontra-se mais bem preparada para vencer.

Ultrapassados que estão os problemas físicos que apoquentaram João Santos no inicio da temporada, o extremo tem sido umas das peças fundamentais nos triunfos encarnados. A única derrota que a equipa sofreu já faz parte do passado e o objectivo é manter a senda dos êxitos. “O momento da época é diferente daquele em que defrontamos o Vitória na final do Troféu António Pratas. Na altura, não podíamos contar com todos os jogadores e foi uma fase complicada, pois coincidiu com a morte do Kevin. Agora estamos mais fortes do que há um mês, estamos mais entrosados e com mais saúde. Por todos estes motivos, julgo termos mais possibilidades para vencer uma equipa equilibrada e com qualidade.”

Dissecada que foi a derrota, João destaca a defesa para obter sucesso na viagem da equipa da Luz ao Minho. “Mais uma vez vai vencer quem defender melhor. O V. Guimarães é uma equipa com bons valores individuais, que dispõe tanto de soluções exteriores, como é caso do Jaime Silva, que defende bem e é muito rápido nas situações defensivas, como interiores, onde se destacam os dois norte-americanos, Tommie Eddie, que é sempre um problema, e Rod Nealy, que, embora jogue por fora, acaba por ser, também ele, um jogador interior.”

Recorde-se que o jogo terá transmissão na SportTV.

Fonte: fpb.pt

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Voleibol: TAÇA DE PORTUGAL


Dia/Hora oficial: 27 de Dezembro (16h00)

«Sorteio da 2.ª eliminatória»

O sorteio da 2.ª eliminatória da Taça de Portugal, em seniores masculinos, realizado hoje na sede federativa, ditou os seguintes jogos:
SC Espinho-Ginásio St.º Tirso
Vitória SC-GC Vilacondense
CV Lisboa-CD Fiães
Castelo da Maia GC-CV Espinho
SL Benfica-CV Oeiras
Leixões SC-AA Espinho

A 2.ª eliminatória está agendada oficialmente para as 16h00 do dia 27 de Dezembro de 2009.Quartos-de-final: 6 equipas apuradas da 2.ª eliminatória, mais o representante da Madeira, mais o representante dos Açores (Clube K). Agendados para o dia 13 de Fevereiro de 2010. Sorteio no dia 27 de Janeiro de 2010.

Hoquei-Campeonato Nacional 1ª Divisão

Terça-Feira 15 Dezembro 2009
Campeonato Nacional 1ª Divisão
10ª Jornada
S.L.Benfica vs Física ás 21H00M

Hoquei em patins-Jogos de fim de semana

Sexta-Feira 11 Dezembro 2009
Campeonato Distrital de Lisboa Juniores Serie H 3ªFase
Alenquer e Benfica vs S.L.Benfica ás 21H30M
Campeonato Distrital de Lisboa Juvenis Série I 3ª Fase
Paço Arcos vs S.L.Benfica ás 20H00M
Sábado 12 Dezembro 2009
Campeonato Distrital de Lisboa Iniciados Série J 3ª Fase
Stuart Carvalhais vs S.L.Benfica ás 16H15M
Campeonato Distrital de Lisboa Infantis Série L 3ªFase
Salesiana vs S.L.Benfica "A" ás 15H15M
Encontros Distritais de Escolares 1ª Fase Série C
Nafarros vs S.L.Benfica "B" ás 17H30M
Domingo 13 Dezembro 2009
Encontros Distritais de Escolares 1ª Fase Série B
Salesiana vs S.L.Benfica "A" ás 11H00M
Encontros Distritais de Benjamins 1ª Fase Série B
S.L.Benfica vs Vilafranquense ( Hora e local por confirmar )

Basquetebol: Benfica conquista Supertaça


Muito público em Albufeira para assistir ao jogo de atribuição da XXV Supertaça Masculina entre as duas equipas que ainda não perderam no Campeonato LPB. Foi mais forte o Benfica que na transição do 3º para o 4º período cavou um fosso superior à dezena de pontos, resistindo ao forcing final da Ovarense que nunca se entregou. Vitória por 8 pontos – 69/61 – no 8º triunfo benfiquista neste troféu, igualando a Ovarense em número de vitórias e interrompendo a série vareira de 3 supertaças consecutivas.

Nota final para a excelente organização da Associação de Basquetebol do Algarve e da Câmara Municipal de Albufeira, cidade com história na modalidade que assim voltou a ser palco de Basquetebol ao mais alto nível.

Inicio de jogo com um ligeiro ascendente da Ovarense que assumiu a liderança e aos 5 minutos vencia por 8-4, mercê de uma excelente atitude defensiva. Reagiu o Benfica que conseguiu inverter o rumo dos acontecimentos e encontrar soluções ofensivas que lhe permitiram passar para a frente no final dos primeiros 10 minutos (15-13).

Começou melhor a equipa de Ovar que com um parcial de 6-0 colocou-se na frente (15-19). Assistiu-se então a um jogo a 2 pontos, com cesto cá, cesto lá, de excelente qualidade técnica e grandes jogadas a entusiasmar o muito público presente. Na saída para os balneários, Ovarense na frente com 26-28 no placar.

Veio a segunda parte e nada parecia alterar o rumo dos acontecimentos com grande equilíbrio. Mas com 36-36 no marcador a 3,16, Nick Dewitz converte um triplo que seria um ponto de viragem na partida e os primeiros 3 pontos de um parcial de 10-2, com Diogo Carreira em grande destaque nestes instantes onde marcou 5 dos seus 7 pontos e ainda fez excelente assistência para Will Frisby, que nesta altura já começava a ganhar vantagem na disputa pelo prémio de MVP, que viria a conquistar mercê dos 21 pontos e 6 ressaltos que obteve.

Com 46-38, o inicio do último parcial foi cruel para a Ovarense que cedo viu a vantagem ampliar até aos 13 pontos. Mas os jogadores vareiros nunca se entregaram e um triplo de Shawn Jackson seguido de um contra ataque de José Barbosa e 2 pontos de Cortez, fizeram um parcial de 9-0 colocaram a Ovarense de novo no jogo (53-49). O Benfica tentou conter a reacção da Ovarense mas quando o jovem José Barbosa faz mais um grande triplo a 2,50 min do fim, eram só 3 pontos que separavam as duas equipas. Foi o último suspiro. O Benfica, experiente e mais fresco, conseguiu dar uma “sapatada” e afastar-se para 8 pontos em cerca de minuto e meio com João Santos a marcar um triplo e 8 pontos de diferença no resultado (62-54). A Ovarense ainda lutou, Miguel Miranda com um triplo a 40 segundos ainda deu alguma esperança (64-59) mas o Benfica já não deixou fugir a vitória.

Destaques individuais, no Benfica, para o já mencionado Will Frisby, MVP da partida, e para Bem reed e Sérgio Ramos com 12 e 11 pontos, respectivamente; e na Ovarense para o trio constituído por Miguel Miranda (15 pts), Nuno Cortez (14 pts e 7 res) e Chris Lee (16 pts e 6 res).

Fonte: fpb.pt

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Futsal: Benfica vence Vitória de Olivais e mantém-se na Taça


Encarnados foram a casa do Vitória de Olivais vencer por 2-6.

O Benfica não deixou os seus créditos de favorito por mãos alheias e foi a casa do Vitória de Olivais vencer de forma categórica por 2-6. Cesar Paulo esteve em destaque ao apontar dois golos para os «encarnados» que compuseram a meia-dúzia com golos assinados por Gonçalo Alves, Zé Maria, Arnaldo Pereira e Pedro Costa.

Com esta vitória o Benfica qualificou-se para a próxima eliminatória de Taça de Portugal.

Fonte: scn.pt

Andebol: Benfica vence São Bernardo na Luz


Benfica vence São Bernardo na Luz

A equipa de andebol masculino venceu este sábado o São Bernardo por 25-23, em partida da 10.ª jornada do campeonato nacional da modalidade.

Num jogo equilibrado, os "encarnados" foram para o intervalo com a vantagem de um golo no "placard" (14-13). No segundo tempo, os pupilos de José António Silva não marcaram tantos tentos como no primeiro tempo, mas também estiveram melhores em termos defensivos. No final, o Benfica acabou por triunfar por 25-23.

Com este resultado, o Benfica mantém-se a um ponto do FC Porto e ABC, equipas que também venceram hoje os seus respectivos jogos.

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Futsal: Hoje há Taça



Adjunto sobre partida da Taça
Nélito: “Prevejo um jogo complicado”

O treinador-adjunto da equipa de futsal masculino do Sport Lisboa e Benfica, Nélito, não espera facilidades na partida de amanhã da Taça de Portugal com o Vitória dos Olivais.

Em declarações à Benfica TV, o adjunto de André Lima alertou para os problemas que o recinto do adversário poderá colocar aos “encarnados”: “Prevejo que vai ser um jogo onde vamos ter algumas dificuldades, principalmente por causa do pavilhão. O pavilhão é muito bom, mas tem um piso onde não estamos habituados a jogar.”

Nélito defendeu que “a equipa do Vitória é uma boa equipa, que tem jogadores que poderiam jogar na 1.ª divisão”. No entanto, o grupo espera ultrapassar a 3.ª eliminatória da competição: “Prevejo um jogo complicado, mas esperamos ganhar.”

O Benfica defronta o Vitória dos Olivais, pelas 19 horas, no recinto do adversário.

Pedro Costa elogia Vitória dos Olivais

O Vitória dos Olivais, próximo adversário do Benfica no jogo da 3.ª eliminatória da Taça de Portugal, milita na 2.ª divisão – Série B, mas o capitão da equipa de futsal masculino do Clube, Pedro Costa, defende que o adversário tem qualidades, merecendo o respeito dos “encarnados”.

“É um jogo contra uma equipa de um escalão secundário, mas já tivemos a experiência no jogo de apresentação que é um dos valores a ter em conta da 2.ª divisão e um dos candidatos à subida de divisão”, afirmou à Benfica TV.

Pedro Costa assegurou que o Benfica vai encarar “o jogo com o mesmo respeito e atitude que fazemos com qualquer outra equipa”.

Já César Paulo reconheceu o favoritismo da formação “encarnada” para o jogo de amanhã com o Vitória dos Olivais: “A nossa equipa é favorita, mas temos de demonstrar dentro de campo. Temos de entrar a 100% para passar esta eliminatória.”

Bebé falha jogo da Taça de Portugal

O guarda-redes Bebé vai cumprir castigo no jogo de amanhã frente ao Vitória dos Olivais e é, por isso, um dos ausentes da convocatória do treinador André Lima.

Rúben Simões também não será opção para a partida da 3.ª eliminatória da Taça de Portugal, já que está ao serviço da selecção de Sub-21 da Associação de Futebol de Lisboa. Pedrinho continua lesionado e ficou igualmente fora dos eleitos.

Lista de convocados: Carlos Paulo, José Carlos, Pedro Costa, Arnaldo Pereira, Zé Maria, Gonçalo Alves, Ricardinho, Davi, César Paulo, Marinho, Anilton Silva e Joel Queirós.

Fonte: Sport Lisboa e Benfica - Site Oficial

Basquetebol: Benfica disputa Supertaça


Benfica e Ovarense discutem Supertaça no Algarve

A Liga Portuguesa de Basquetebol e a Taça de Portugal já nos proporcionaram grandes jogos esta temporada, mas há ainda uma prova a realizar, com um grande jogo em perspectiva. Falamos da Supertaça, que será disputada pelo Benfica e pela Ovarense Dolce Vita, às 15 horas desta terça-feira, no Algarve. A não perder!

A entrada no Pavilhão dos Olhos d' Água, em Albufeira, é livre por isso não tem desculpa para não comparecer. Frente a frente vão estar as duas únicas equipas que ainda não perderam na Liga Portuguesa de Basquetebol, razão mais do que suficiente para se perspectivar um emocionante jogo de basquetebol.

Se não estiver no Algarve, saiba que pode acompanhar todas as incidências do encontro pela televisão, uma vez que a Sport TV vai transmitir a partida em directo.

Fonte: fpb.pt

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Regresso às vitórias de forma clara


Deslocação a Leixões que foi mais facil do que se previa com uma vitoria de 3-0 com os parciais de 25-18, 25-12 e 25-20, inflingindo aos nortenhos a 11.ª derrota em 11 jogos do campeonato da A1.
Os “encarnados” começaram por vencer o primeiro “set” por 18-25 sem grandes dificuldades, triunfando de forma ainda mais clara no parcial seguinte (12-25).
O terceiro “set” foi o mais equilibrado de todos, mas acabou igualmente com um “score” bem claro para o Benfica (20-25).
Estando a moral em alta para o proximo fim de semana em será jornada dupla em que recebe o V.Guimarães e Castelo da Maia foi uma boa vitoria para moralizar a equipa que quererá perante o seu publico vencer estas duas equipas especialmente o Castelo da Maia vingando a derrota sofrida.
Com este triunfo, os pupilos de José Jardim mantêm-se nos lugares cimeiros da tabela classificativa.

domingo, 6 de dezembro de 2009

Basquetebol:


Benfica volta a vencer

O Benfica obteve este sábado o seu quinto triunfo consecutivo, em casa, diante do Illiabum, num jogo em que curiosamente foram marcados poucos pontos (67-55).

Os encarnados começaram bem e apesar da ligeira reacção da formação visitante no segundo parcial, chegaram ao intervalo com uma confortável vantagem de 11 pontos (36-25).

Mas o intervalo foi retemperador para os homens de Ílhavo, que certamente ouviram os conselhos do seu treinador e reentraram bem melhor na partida. No final do terceiro período perdiam por apenas 3 pontos (43-46) e deixavam antever um último quarto verdadeiramente emocionante. Só que a experiência do Benfica acabou por vir ao de cima e o Illiabum saiu da Luz com o travo amargo de quem conseguiu “assustar” o campeão nacional sem que todavia lograsse vencer.

Determinante foi uma vez mais o desempenho de Sérgio Ramos na equipa liderada por Henrique Vieira, uma vez que, com 11 pontos, 10 ressaltos, 3 assistências e 1 roubo de bola, foi o melhor jogador do Benfica em campo. Pela formação visitante, destaque para a exibição de Matthew Shaw, autor de 14 pontos, 8 ressaltos, 2 assistências e 2 roubos de bola.

Fonte: fpb.pt

Futsal: Benfica é líder Isolado


Os campeões nacionais beneficiaram do empate do Belenenses e lideram o campeonato com 35 pontos.

O Benfica isolou-se no comando do campeonato nacional de futsal, ao bater o Olivais por 5-2 e ao beneficiar do empate do Belenenses frente ao Instituto.

Os encarnados entraram em campo já a saber do deslize dos azuis do Restelo e golo de Pedro Costa, aos 6 minutos, foi mais uma injecção de moral para os comandados de André Lima. Certo é que aos 12 minutos, César Paulo ampliou a vantagem encarnada para 2-0.

O Olivais ainda reduziu, aos 14 minutos, com um golo de Gonçalo Farinha mas no minuto a seguir Davi voltou a colocar os campeões nacionais com uma vantagem de dois golos.

Mais golos só na 2ª parte. O Olivais marcou aos 26 minutos, por intermédio de Dario, mas não conseguiu chegar ao empate, tendo sido mesmo o Benfica a ampliar novamente a vantagem. Arnaldo, aos 34 minutos, e Joel Queirós, aos 39, colocaram o resultado final em 5-2.

Fonte: scn.pt

sábado, 5 de dezembro de 2009

Futsal: Benfica joga nos Olivais


13.ª jornada
Nélito: “Estamos à espera de um jogo difícil”

Nélito, treinador-adjunto da equipa de futsal masculino do Benfica, espera um jogo complicado neste sábado frente ao SL Olivais.

“Estamos à espera de um jogo difícil. O Olivais é uma equipa com jogadores muito experientes. Não começaram bem o campeonato, mas nos últimos jogos iniciaram uma recuperação na tabela classificativa”, afirmou à Benfica TV.

Nélito assegurou ainda que os “encarnados” estão determinados em segurar a liderança do campeonato nacional da modalidade: “A equipa está a entrar um bocadinho em descompressão depois deste início de campeonato muito duro. Agora isso não nos vai retirar a concentração e vontade de ganhar.”

O jogo realiza-se hoje, pelas 18 horas, no recinto do adversário.

Convocados para jogo com SL Olivais
César Paulo regressa e Ricardinho fica de fora

O pivot brasileiro César Paulo está de volta aos convocados do Benfica, enquanto Ricardinho ficou de fora para a partida de amanhã com o SL Olivais.

Lista de convocados: Bebé, Pedro Costa, Arnaldo Pereira, Zé Maria, Gonçalo Alves, Davi, César Paulo, Marinho, Anilton, Rúben Simões, Zé Carlos e Joel Queirós.

Fonte: Sport Lisboa e Benfica - Site Oficial

Basquetebol: Jogo frente ao Illiabum


Henrique Vieira
“Não nos podemos fixar no jogo da Taça”

A equipa de basquetebol masculino recebe este sábado o Illiabum, formação que já eliminaram na edição desta época da Taça de Portugal.

Em declarações à Benfica TV, o treinador Henrique Vieira alertou que o jogo realizado no passado mês de Novembro não pode influenciar o comportamento da equipa: “Não nos podemos fixar no jogo da Taça.”

O técnico considerou ainda que as coisas poderão ser mais fáceis se o grupo “mantiver a concentração”.

O Benfica recebe o Illiabum, pelas 16 horas, sendo que a partida será transmitida em directo pela Benfica TV.


Informações úteis:
S.L.Benfica - Illiabum (Pavilhão Império Bonança)
Liga de Basquetebol
Dia 5 de Dezembro às 16.00h
Vamos abrir a Porta 1 às 15.00h

Tabela de preços Basquetebol:
Sócio de Quota Modalidades: 0 €
Sócio: 3 €
Sócio Criança: 1 €
Sócio Menor: 2 €
Público: 6 €
Público Criança: 3.5 €

Fonte: Sport Lisboa e Benfica - Site Oficial

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Dornelas: «Mérito de toda a equipa»


O oposto do Benfica tem-se revelado como um dos melhores jogadores da Divisão A1, sendo mesmo o melhor pontuador.

Pedro Dornelas foi elogiado pelo técnico José Jardim, assim como pelo capitão dos encarnados, Paulo Renan, na vitória dos encarnados sobre o Esmoriz, a contar para a Taça de Portugal. E não era para menos. O jogador não só teve participação directa no distanciamento que as águias tiveram no terceiro set, onde a turma da barrinha estava a criar bastantes dificuldades, como também tem sido dos melhores jogadores a contar para a Divisão A1.
O oposto lidera a tabela dos melhores pontuadores, com 149 pontos à 11ª jornada, assim como é quem soma mais pontos no serviço, com 15 ases (média de 0.44), somando mais quatro que o segundo classificado, Pedro Azenha (0.34), mostrando-se ainda o segundo pontuador mais eficaz, atrás do colega de equipa, Nicholas Cundy. No entanto, o oposto de 29 anos, em declarações ao scn, distribuiu o mérito pelos colegas de equipa. “O mérito é essencialmente de toda a equipa. Sem um bom levantamento, uma boa execução não era possivel”, explica, ele que revela bastante união na equipa, apontando no entanto algumas falhas na recepção. “Nós temos bons atacantes em todas as posições. Sabemos das nossas dificuldades na recepção, mas estamos a trabalhar para evoluir nesse sentido”, disse.
O atleta ingressou este ano no Benfica, proveniente dos belgas do Leenik, e deixou elogios à Divisão A1, apesar de um fosso no valor das equipas. “Apesar de alguma discrepância, onde surgem 6/7 equipas mais fortes, há muita competitividade. Vimos isso agora com o Castêlo da Maia , mas achei que estivemos mal. Mas eles também têm mérito. As outras equipas, mesmo sendo mais baixas, por falta de uma estrutura sólida, brigam muito e obrigam-nos a suar a camisola”, concluiu.O Benfica encontra-se a realizar um bom campeonato, ocupando a 3ª posição da Divisão A1, e está também na 2ª eliminatória da Taça de Portugal.

Hoquei-Campeonato Nacional 1ª Divisão

Sábado 5 Dezembro 2009
Campeonato Nacional 1ª Divisão
9ª Jornada
A.C.R.Gulpilhares vs S.L.Benfica ás 18H00M

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Basquetebol: “Encarnados” seguem em frente na Taça com triunfo claro


O Benfica garantiu, na Luz, e de forma tranquila, a passagem a fase seguinte da Taça de Portugal, derrotando o Barcelos Hotel-Terço, por 103-69. A resistência da equipa minhota durou 12 minutos, altura em que as mexidas no banco dos encarnados acabaram por fazer toda a diferença no encontro.

Depois de um 1º período equilibrado – 22-19 favorável aos encarnados – o treinador Henrique Vieira recorreu ao banco para fazer a diferença na partida. Com um cinco praticamente todo renovado, o ritmo imposto, associado a uma tremenda eficácia nos lançamentos de três pontos (8 convertidos no período), fez disparar a diferença no marcador ao intervalo (57-37) para números que não deixavam dúvidas para que lado iria pender a passagem na eliminatória.

No começo da 2ª parte o técnico encarnado manteve o mesmo cinco, que tão boa conta de si tinha dado durante o quarto anterior. A diferença pontual continuou a avolumar-se, embora nesta fase, até pela mudança táctica na forma como o Barcelos defendia o bloqueio directo na bola, os cestos começassem a surgir nas áreas mais próximas do cesto, sendo os jogadores interiores a finalizar na maioria das vezes, ou então, através de finalizações fáceis de contra-ataque, resultantes de erros em ataque dos nortenhos, fruto do cansaço e da frustração ofensiva – apenas 10 pontos convertidos no 3º período – que já era notória nos barcelenses.

O atleta encarnado António Tavares (22 pontos, 2 assistências e 2 roubos de bola), para além de ter sido o melhor jogador benfiquista durante toda a partida, foi o grande responsável, com 4 triplos quase consecutivos durante o 2º período, pelo disparar do resultado. No conjunto de Barcelos, e face à ausência do poste norte-americano Akinyanju Oladoyin, Pedro Silva (20 pontos, 10 ressaltos, 3 roubos de bola e 2 assistências) foi grande na luta contra as torres encarnadas.

Fonte: fpb.pt

Futsal: Benfica vence confortavelmente o Alpendorada


O Benfica venceu o Alpendorada por cinco golos sem resposta.


O Benfica alcançou a sexta vitória consecutiva no campeonato, ao vencer o Alpendorada por 5-0. A vitória dos campeões nacionais foi construída, ainda, no primeiro tempo, pois ao intervalo os comandados de André Lima já venciam por 4-0.

O primeiro golo surgiu aos quatro minutos, por intermédio de Arnaldo. Joel Queirós, apenas um minuto depois, ampliou a vantagem dos encarnados para 2-0. Ao minuto sete foi a vez de Davi aumentar para 3-0 e aos 12 minutos o Benfica já vencia por 4-0, fruto do bis de Joel Queirós.

Na 2ª parte, Ricardinho, aos 23 minutos, estabeleceu o resultado final em 5-0 e carimbou uma vitória confortável do Benfica.

Resumo do jogo:

http://videos.sapo.pt/yj1dECNDVohc9HUIb7tZ


Fonte: scn.pt

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Paulo Renan: «Treinador confia em mim»


O brasileiro foi capitão no encontro da Taça de Portugal, face às ausências de Rui Guedes e Pedro Fiúza, mostrando-se agradado com a confiança depositada pelo técnico benfiquista.

Paulo Renan foi um dos jogadores em destaque no triunfo do Benfica sobre o Esmoriz, qualificando os encarnados para a 2ª eliminatória da Taça de Portugal. O distribuidor acelerou o jogo dos encarnados, assistindo bem os seus colegas, fazendo ainda umas gracinhas e pontuando após simulações de passes, defendendo também no bloco a uma resposta de Tiago Violas. No final do encontro o brasileiro de 24 anos falou ao scn, explicando a receita do triunfo. “Entramos muito bem na partida. Apesar de estarmos meios cabisbaixos com a derrota frente ao Castêlo, superamos bem o obstáculo de hoje [ontem]. Estavamos focados depois de estudarmos bem o adversário, e a excelente entrada não deu chances ao Esmoriz que só reagiu no terceiro periodo mas aí o Pedro [Dornelas] esteve bem no serviço”, considerou.
O Benfica deste ano está bastante diferente em relação à temporada passada, algo que se deve “ao investimento mais forte”, como revelou o distribuidor dos encarnados, mas não só. “Temos um grupo muito forte que não passa pela equipa inicial, mas sim todo o plantel, onde são feitas rotações e mantemo-nos fortes na mesma. Temos treinado muito bem e isso reflecte-se nos jogos”, segue, esperando contudo que o Benfica “esteja ainda mais forte nos play-offs”.
Mas depois de tantas mudanças, um distribuidor acaba por ser dos elementos mais afectados, por ainda não conhecer os movimentos dos colegas, mas isso não se verificou com Renan. “Faz parte do trabalho adaptarmo-nos aos novos colegas. É uma questão de treino e ir conhecendo as pessoas”.
O brasileiro está apenas há duas temporadas no Benfica mas já tem exercido a braçadeira de capitão, depois das ausências de Rui Guedes e Pedro Fiúza, algo que não o deixa indiferente. “O treinador confia em mim mas só tenho a braçadeira porque o Rui e o Fiúza não estão. Mesmo assim penso que todos temos de ser capitães dentro de campo e a única diferença no nosso grupo é que eu sendo capitão só represento o grupo para falar com o árbitro”, fechou, demonstrando assim muita união entre os encarnados.

Hoquei-Campeonato Nacional 1ª Divisão

Sábado 28 Novembro 2009
Campeonato Nacional 1ª Divisão
7ª Jornada
H.Braga 2 vs S.L.Benfica 6
Triunfo no recinto do HC Braga
A equipa de Luís Sénica somou sábado passado mais um triunfo no campeonato nacional da modalidade. Na deslocação ao recinto do HC Braga, os “encarnados” saíram com uma vitória por 2-6.O Benfica marcou quatro golos na primeira parte e os marcadores foram Ricardo Pereira, Caio (duas vezes) e Diogo Rafael. No segundo tempo, a equipa “encarnada” viu o adversário reduzir para 2-4, no entanto, Caio e Pedro Afonso voltaram a colocar a diferença em quatro tentos.
Terça-Feira 1 Dezembro 2009
Campeonato Nacional 1ª Divisão
8ª Jornada
S.L.Benfica 3 vs A.Espinho 1
A equipa de hóquei em patins masculino venceu esta terça-feira o Ac. Espinho por 3-1, em encontro da 8.ª jornada do campeonato nacional da modalidade. Caio marcou dois dos três tentos da formação orientada por Luís Sénica.O adversário entrou com uma postura defensiva no encontro desta tarde, dificultando a tarefa dos “encarnados” em chegar ao golo. Para piorar, o Benfica sofreu infelizmente um tento contra a corrente do jogo. Vítor Hugo apontou o golo do Ac. Espinho.Em vantagem no marcador, os visitantes fecharam ainda mais os caminhos para a sua baliza. No entanto, Ricardo Pereira conseguiu igualar quando faltavam dois minutos para o intervalo.A resistência do Ac. Espinho começou a acabar logo no arranque do segundo tempo, altura em que Pedro Afonso colocou os “encarnados” na frente do marcador. Caio ampliou depois a vantagem na cobrança de uma grande penalidade.O Ac. Espinho ameaçou a baliza da equipa de Luís Sénica em lances de bola parada, mas o guarda-redes Ricardo Silva esteve em grande plano.Com este resultado, o Benfica permanece no topo da tabela classificativa.

Fonte:site oficial do slbenfica.pt